textos

diárias de bordo

Projeto Trama do Dia – Alexandre Heberte (15)

Projeto Trama do Dia – Alexandre Heberte (15)
14/06/2021

A obra “Tramarbolismo do corpo-tecelão”, de Alexandre Heberte, é constituída por dispositivos de circunferências variadas, entre 70 e 50 cm aproximadamente, realizados entre 2020/2021. Fios e linhas de algodão, sintético, lurex e arame foram utilizados com a técnica do caseado ou ponto de debrum.

 

O título provém da ideia de “Tramarbolismo”, entendido como um conjunto de experiências da tecelagem manual, que se acumula, lenta e diariamente. Se inscreve no corpo quando o corpo se repara como tece, sua autoperformatividade”. O trabalho pode então ser lido como a resistência do corpo-tecelão em tempos de desgoverno e pandemia.

 

A grande pergunta é como se manter física e mentalmente saudável esse contexto? Uma resposta pode estar no diálogo das tramas com performance realizada na plataforma Zoom, durante aula no Programa de Artes da UERJ, na Linha de Pesquisa Arte, Pensamento, Performatividade, da professora Nanci de Freitas (@ndefreitasn).

 

O vídeo que antecede a ação (https://youtu.be/KaUW1tFjyKQ) fornece pistas do diálogo produtivo entre o trabalho de tecer, o que foi tecido e como aquilo que foi feito pode ser utilizado. Uma arte ancestral conversa assim com o conceitual num diálogo de fazeres e pensares que derruba barreiras e multiplica intersecções e nós interpretativos.  

 

Oscar D'Ambrosio é Pós-Doutor e Doutor em Educação, Arte e História da Cultura, Mestre em Artes Visuais, jornalista e crítico de arte.

 

O PROJETO TRAMA DO DIA publica diariamente uma obra do universo da arte têxtil com respectivo comentário a partir de 1/6/2021. Mande sua imagem em boa resolução para o e-mail projetotramasbrasileiras@gmail.com com as seguintes informações: nome d@ artista, título, dimensões, ano, técnica, materiais utilizados e informações adicionais que julgar relevantes da obra.

 

Esta ação se insere no Projeto Tramas Brasileiras, coordenado por Oscar D’Ambrosio e Parísina Ribeiro