textos

diárias de bordo

Dia do Índio (24) – Vinicius de Paula

Dia do Índio (24) – Vinicius de Paula
05/04/2021

A capacidade de as imagens transmitirem os mais diversos discursos é infinita. Vinicius de Paula, em “Ser1”, obra original em carvão e pastel sobre cartão, apresenta corpos sob uma perspectiva simbólica em que existe uma fusão entre o masculino e o feminino. A pintura corporal cria fascinantes caminhos visuais que auxiliam a estabelecer um todo pleno de impacto plástico. O cabelo também auxilia a criar uma dinâmica em que cada detalhe contribui para estabelecer um conjunto que valoriza a cultura indígena e sugere a sua multiplicação. A obra, embora se fundamente em um compacto bloco imagético, apresenta leveza. Isso ocorrem em grande parte, pela maneira como é constituído o fundo, em que uma sutil moldura branca auxilia a ressaltar os corpos entrelaçados com uma intensidade que somente as uniões autênticas comportam. Oscar D’Ambrosio